Covid-19

São João suspende consultas, exames e cirurgias não urgentes

São João suspende consultas, exames e cirurgias não urgentes

O Hospital de São João anunciou esta quinta-feira que decidiu suspender, até 31 de março, toda a atividade clínica não urgente, o que engloba consultas, exames e intervenções cirúrgicas.

Em comunicado enviado às redações, o Centro Hospitalar Universitário anunciou a "suspensão de toda a atividade clínica não urgente, nomeadamente consultas externas, intervenções cirúrgicas, sessões de hospital de dia e meios complementares de diagnóstico e terapêutica, até ao dia 31 de março".

A medida surge no âmbito do plano de contingência em vigor e das recomendações nacionais e internacionais destinadas a travar a propagação da infeção por Covid-19.

"Apenas deve ser realizada atividade programada em casos clinicamente relevantes, cuja suspensão coloque em risco de vida o utente", detalhou, acrescentando que devem ser privilegiadas "as consultas presenciais, sempre que tal for clinicamente adequado".

De referir que um dos primeiros pacientes a dar entrada no Hospital de São João infetado com o novo coronavírus já se encontra curado e teve alta hospitalar, segundo apurou o JN.

Portugal tem, neste momento, 78 casos de Covid-19 diagnosticados, aguardando-se o resultado de 133 análises laboratoriais, de acordo com o último balanço da Direção-Geral de Saúde (DGS).

Destaca-se que apenas 69 infetados estão internados e que a faixa etária entre os 40 e os 49 anos é que regista maior número de casos, com 21 registos. Existem seis cadeias de transmissão ativas no nosso país.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG