Exclusivo edição impressa

Saúde do Norte sem dinheiro para pagar a privados

Saúde do Norte sem dinheiro para pagar a privados

A Administração Regional de Saúde do Norte falhou, no mês passado, o pagamento de faturas de análises, exames e tratamentos prestados por clínicas convencionadas.

A Federação Nacional dos Prestadores dos Cuidados de Saúde (FNS) diz que a dívida, de cerca de um milhão de euros, já levou o banco credor a informar as clínicas que vai deixar de financiar as faturas da responsabilidade da Administração Regional de Saúde do Norte (ARSN).

A situação poderá agravar-se a partir de hoje, data em que se vencem as faturas de março, num total de cerca de quatro milhões de euros, de acordo com a FNS. A ARSN admite que teve constrangimentos financeiros no início do ano, mas desdramatiza e garante que grande parte da dívida referida já foi liquidada, "prevendo-se para breve o pagamento da sua totalidade".

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG