crianças

Crianças sem vacinas para doenças graves

Crianças sem vacinas para doenças graves

A vacina tetravalente - que previne a difteria, tétano, tosse convulsa e poliomielite - está esgotada há meses em várias unidades de saúde.

Pais e autoridades encontram-se preocupados, tanto mais que estão a surgir novos casos de tosse convulsa. A Direção-Geral da Saúde garante que uma alternativa à tetravalente estará disponível até final do ano. O reforço das doses da vacina está também em estudo.

A falta do produto em vários centros de saúde do país, devido à rutura de stocks no fornecedor, foi confirmada ao JN por Graça Freitas, subdiretora-geral da Saúde. Até ao fim do ano, serão implementadas soluções, que passam pela produção de vacinas alternativas que, em vez das quatro doenças, combinam apenas duas ou três, ficando as restantes para outra toma. A responsável admitiu também um sistema de trocas entre unidades de saúde que têm vacinas e as que se encontram em rutura.

Ler mais na edição e-paper ou na edição impressa.

Outras Notícias