O Jogo ao Vivo

SNS

Acesso ao Serviço Nacional de Saúde ameaçado

Acesso ao Serviço Nacional de Saúde ameaçado

As consultas nos cuidados primários estão a diminuir, sobretudo no Norte, as urgências dos hospitais recebem menos doentes mas entopem em períodos críticos, a rede nacional de cuidados continuados responde a menos de 30% das necessidades.

Há muitas dificuldades no acesso ao medicamento, bem como à inovação terapêutica. Faltam enfermeiros, os médicos são suficientes mas estão mal distribuídos. O Relatório de Primavera do Observatório Português dos Sistemas de Saúde, o primeiro pós-troika, conclui que o acesso ao SNS está ameaçado.

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa.