Nacional

Meios do INEM desviados para transferir doentes

Meios do INEM desviados para transferir doentes

As equipas das viaturas médicas de emergência e reanimação estão a ser cada vez mais usadas no transporte de doentes entre hospitais, pondo em risco o socorro a doentes graves em casa ou nas ruas.

Segundo dados fornecidos pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), os transportes inter-hospitalares com recurso a estas equipas aumentaram 30% nos últimos três anos.

Em 2015, as 42 equipas existentes no país fizeram 1732 transportes entre hospitais, contra os 1306 de 2013. O número é pouco expressivo comparado com o total de mais 95 mil serviços das VMER em 2014, mas é suficiente para preocupar quem anda no terreno e a Ordem dos Médicos (OM).

Outras Notícias