Conselhos úteis

Se suspeitar que tem Covid-19 e tiver sintomas ligeiros fique em casa

Se suspeitar que tem Covid-19 e tiver sintomas ligeiros fique em casa

À medida que o número de novos casos de Covid-19 aumenta, a pressão sobre todo o sistema de saúde aumenta também.

Embora a capacidade de diagnóstico tenha aumentado, também aumentou o número de pessoas a ser testadas. Mas há prioridades. E para os casos ligeiros (80% dos casos de Covid-19), mais importante do que a rapidez do teste, é a rapidez com que cumpre as regras de isolamento social.

Se tiver sintomas ligeiros, é urgente a realização do teste? Para alguém que tem suspeita de Covid-19, mas com sintomas ligeiros (sintomas que se assemelham a gripe, como dores de cabeça, queixas digestivas, dores musculares, cansaço, escorrência nasal, dor de garganta ou espirros), a confirmação do diagnóstico pode ser importante (porque pode implicar medidas adicionais de saúde pública), mas na maioria das situações o resultado não muda nada: o doente deve ficar em casa, em isolamento, e os seus contactos devem isolar-se, reforçar higiene e etiqueta respiratória e estar atentos ao aparecimento de sintomas. Ora estes conselhos são aplicáveis a toda a gente, independentemente de haver a confirmação laboratorial no caso suspeito.

Para quem é que é urgente fazer o teste? O teste é prioritário para as pessoas que têm formas graves de doença, que têm de ser hospitalizadas (e terão de ficar internadas em condições especiais), que têm doenças associadas que aumentam o risco de terem formas mais graves de doença, ou para os profissionais de saúde ou outros profissionais que trabalham com populações vulneráveis cujo diagnóstico tardio pode implicar transmissão da doença a muitas pessoas.

Então, o que devo fazer se tiver sintomas ligeiros? O que realmente precisa é de ficar em casa! Ligar à linha SNS24 ou contactar o seu médico de família por telefone. Deve discutir os seus sintomas, isolar-se e evitar expor outras pessoas.

* Pneumologista

Outras Notícias