Proteção Civil

Secretário de Estado recusa sair do Governo apesar de polémicas

Secretário de Estado recusa sair do Governo apesar de polémicas

O Secretário de Estado da Proteção Civil garante que não tem qualquer participação na empresa do filho e que não estabeleceu qualquer contacto que pudesse resultar em favorecimento pessoal.

"Não tenho qualquer participação na referida empresa nem intervenção na sua atividade. Não tive qualquer influência nem estabeleci qualquer contacto, nem o meu filho alguma vez invocou o seu grau de parentesco, de que pudesse resultar qualquer expectativa de favorecimento pessoal", disse José Artur Neves, secretário de Estado da Proteção Civil.

Sócio da empresa Zerca, Nuno Neves conseguiu três contratos no último ano, com a Universidade do Porto e a Câmara de Vila Franca de Xira, que ascenderam a quase 2,1 milhões de euros. O último deles, de 15 mil euros, foi celebrado há cerca de uma semana, apurou o JN.

"Acresce que as entidades públicas contratantes são totalmente independentes do Governo, designadamente na decisão de contratar, não tendo comigo, enquanto governante, qualquer relação de tutela ou superintendência", acrescentou.

No esclarecimento hoje prestado, José Artur Neves lamentou a "utilização de questões relativas à situação profissional" de um familiar, às quais referiu ser "totalmente alheio, e que nada têm a ver com o escrutínio público" da sua atividade como secretário de Estado.

Outras Notícias