Premium

Seis meses de coronavírus: o pior ainda está para vir

Seis meses de coronavírus: o pior ainda está para vir

Seis meses de pandemia: sem vacina ainda certa, o Mundo poderá ter que conviver com a covid-19 por muito mais tempo do que o esperado.

A realidade é muito dura: "Aquilo que vivemos hoje está muito longe de acabar. Embora muitos países tenham conseguido progressos, globalmente a pandemia está a acelerar. A falta de unidade nacional em muitos países e a falta de solidariedade global estão a ajudar o vírus a espalhar-se". As palavras preocupadas são de Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), que fecha a previsão assim: "O pior ainda está para vir".

Esta semana marca os seis meses desde que a China disse ter identificado em Wuhan, cidade de 10 milhões, um novo vírus altamente contagioso, SARS-CoV-2, coronavírus da síndrome respiratória aguda grave. Estávamos aí totalmente inconscientes de que a doença iria aterrorizar, destruir vidas e afundar a economia global na recessão mais grave de quase um século.

Outras Notícias