Debate quinzenal

"Seria positivo" entrada da Santa Casa no Montepio, admite Costa

"Seria positivo" entrada da Santa Casa no Montepio, admite Costa

O primeiro-ministro assumiu, durante o debate quinzenal, esta quinta-feira, que era importante para o sistema financeiro nacional que a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa entrasse no capital social do banco Montepio.

Para António Costa, "seria positivo para o sistema financeiro no quadro da estabilização" que tal viesse a ocorrer, disse, no Parlamento, depois da presidente do CDS, Assunção Cristas, questionar se "ajudar" o Montepio faz parte da "ação social" da instituição liderada por Pedro Santana Lopes.

"Não deposita no provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) tanta confiança como eu", atirou Cristas, referindo que o Governo foi questionado pela instituição se se opunha a essa entrada no capital.

"Não temos nenhuma objeção, se for esse o entendimento", assegurou o primeiro-ministro, garantindo que o Executivo nada tem a "opor" ao negócio em relação a um "banco que seja do setor social".

Há várias semanas que se fala da possibilidade de a SCML vir a adquirir 10% do capital do Montepio à Associação Mutualista Montepio Geral, proprietária do banco. Alegadas negociações têm decorrido sob a alçada do Banco de Portugal e o Ministério da Segurança Social, que tutela a Santa Casa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG