Votação

Sete listas concorrem às eleições para a ADSE

Sete listas concorrem às eleições para a ADSE

Os beneficiários da ADSE votam a partir de segunda-feira para eleger os seus representantes para o período de 2023/2025. Sete listas concorrem ao Conselho Geral e de Supervisão (CGS).

São sete as listas candidatas ao órgão que acompanha, controla, presta aconselhamento e participa na definição das linhas gerais de atuação da ADSE. O CGS é também o órgão que recebe as reclamações e queixas dos beneficiários e que as apresenta ao Conselho Diretivo. No total, é composto por 17 membros, sendo que quatro deles serão eleitos por sufrágio universal e direto dos beneficiários, que poderão votar eletronicamente nos dias 28, 29 e 30 de novembro e presencialmente apenas no dia 30.

O presidente do CGS, cargo ocupado atualmente por João Proença, será eleito, mais tarde, pelos 17 membros.

PUB

A redução dos descontos para a ADSE, passando de 14 para 12 meses, a redução do tempo dos pedidos de reembolso, sendo pagos atempadamente, a descida da contribuição para ADSE de 3,5% para 2,5% e o alargamento a novos beneficiários, são algumas das propostas dos vários programas eleitorais apresentadas.

A lista A é liderada por João Neto, presidente do Sindicato dos Médicos Dentistas; a lista B por Henrique Vilallonga, dirigente do Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional, Empresas Públicas, Concessionárias e Afins; a lista C por Rogério Matos, técnico superior da ADSE; a lista D por Arlindo Ferreira, professor; a lista E por Alexandre Lourenço, administrador hospitalar; a lista F por Mário Rui Cunha, assistente técnico; e a lista G por Maria Helena Rodrigues, dirigente do Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado e Entidades com Fins Públicos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG