Salários

Sindicato da PSP quer 1250 euros para polícias em início de carreira

Sindicato da PSP quer 1250 euros para polícias em início de carreira

A Associação Sindical dos Profissionais da Polícia defende um salário de 1250 euros para os polícias em início de carreira, em vez dos atuais 789 euros, devido "às exigências da missão".

Num comunicado de boas-vindas aos 571 novos agentes, que na quarta-feira realizaram a cerimónia de final de curso, a Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP) dá conta de que a maioria destes polícias vão ser colocados em Lisboa, onde existem dificuldades de alojamento e vão receber um salário base de 789 euros, além de lhes ser exigido que "deem a vida se preciso for".

"O salário em início de carreira na polícia deveria ser no mínimo de 1.250 euros. Mais justo tendo em conta as exigências da missão", defende o maior sindicato da Polícia de Segurança Pública.

Para a ASPP, os novos polícias vão conhecer uma instituição "que não consegue encontrar instrumentos para motivar ou manter a motivação dos profissionais, que as perspetivas de carreira são quase nulas e que o apoio do poder político no desempenho da missão praticamente não existe".

A ASPP apelou ainda ao Governo para rever "o mais breve possível alguns dos procedimentos internos", nomeadamente carreiras, salários, sobretudo no início da carreira, direitos e as compensações a atribuir.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG