Exclusivo

Só 6% dos refugiados abandonam Portugal e fogem para a Europa

Só 6% dos refugiados abandonam Portugal e fogem para a Europa

Até abril de 2018, dois em cada três escolhiam sair, mas número baixou graças à melhoria do processo de integração. Um terço foi colocado em Lisboa.

Fogem da guerra, de perseguições, de conflitos políticos ou desastres naturais e procuram começar uma vida nova em Portugal. Os refugiados estão cada vez mais adaptados ao nosso país e a percentagem de requerentes de asilo que fugiu para outros países da Europa baixou de forma significativa. No programa que terminou há três anos, 65% dos refugiados que chegaram a Portugal resolveram ir para outros países. Agora, são apenas 6%.

Portugal tem vindo a participar ativamente no esforço europeu de acolhimento de refugiados ao abrigo da proteção internacional, solidário com todos os projetos de apoio da Comissão Europeia. O primeiro desses programas foi o de recolocação, entre dezembro de 2015 e abril de 2018. Dos 1550 que chegaram, 1013 saíram para outros países da UE.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG