Exclusivo

Só Eanes teve menos pressa que Marcelo em anunciar candidatura

Só Eanes teve menos pressa que Marcelo em anunciar candidatura

Presidente apenas revela se se recandidata a dois meses ou menos das eleições de janeiro. Politólogos ouvidos pelo JN dizem que estratégia o protege e analisam causas do descontentamento da Direita.

A decisão sobre a recandidatura à Presidência da República seria revelada "no início de setembro" de 2020, dizia Marcelo Rebelo de Sousa há três anos. Daí para cá, o chefe de Estado foi adiando o prazo: primeiro para outubro, depois "lá para novembro" e, por fim, "finais de novembro, inícios de dezembro". Caso esta última previsão se confirme, será o anúncio feito com menor antecedência por um presidente desde Ramalho Eanes. Os politólogos ouvidos pelo JN consideram a estratégia benéfica para Marcelo.

O atual presidente "não precisa de visibilidade", diz André Freire, professor catedrático do ISCTE. "Enquanto que candidatos pouco conhecidos do grande público precisam de começar [a campanha] mais cedo", Marcelo pode atrasar o anúncio "até ao limite".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG