Ambiente

Sobreiro português a concurso para a Árvore Europeia do Ano

Sobreiro português a concurso para a Árvore Europeia do Ano

Há, pela primeira vez em oito edições, uma árvore portuguesa entre as várias que estão na corrida para o concurso europeu "Tree of the year" (Árvore Europeia do Ano).

A representar solo português está o Sobreiro Assobiador, o maior do país. Tem 234 anos, vive em Águas de Moura, no Alentejo, e, segundo se pode ler na breve descrição anexa à fotografia que está a concurso, "deve o nome ao som originado pelas inúmeras aves que pousam nos seus ramos".

"O 'Tree of the Year' realça a ligação emocional que as pessoas e as próprias comunidades mantêm com as árvores, bem como a sua importância para o património natural e cultural da Europa", pode ler-se num comunicado, enviado esta sexta-feira às redações, pela União da Floresta Mediterrânica, que organizou o concurso a nível nacional, do qual resultou a escolha do Sobreiro Assobiador para representar Portugal.

O sobreiro, classificado como "Árvore de Interesse Público" desde 1988 e inscrito no Livro de Recordes do Guinness como "o maior sobreiro do mundo", vai disputar o concurso com outras 12 árvores: a Tília do país antigo (Bélgica), as Sequóias de Yuchbunar (Bulgária), o Plátano maciço - o símbolo de Trsteno (Croácia), a Nogueira em Kvasice (República Checa), o Castanheiro sobrevivente de Zengvárkony (Hungria), o Abeto das bruxas (Lituânia), o Choupo Helena (Polóna), o Carvalho de Cajvana (Roménia), o Ancião das Florestas de Belgorod (Rússia), a Macieira de Boáca (Eslováquia), os Ulmeiros ancestrais de Cabeza Buey (Espanha) e o Carvalho Gilwell (Reino Unido).

Segundo se pode ler no site oficial do concurso, o objetivo final da votação - que pode ser feita através de um sistema de votação online durante o mês de fevereiro - é encontrar a árvore com a história mais interessante. Para votar, é preciso selecionar sempre duas árvores, explica a nota.

Os vencedores serão homenageados numa cerimónia de entrega de prémios, organizada pelo eurodeputado checo Pavel Poc, que terá lugar a 21 de março, dia da Primavera, no Parlamento Europeu, em Bruxelas.

PUB

Outras Notícias