O Jogo ao Vivo

Boletim DGS

Subida de internamentos e incidência em dia com 844 casos e quatro mortes por covid-19

Subida de internamentos e incidência em dia com 844 casos e quatro mortes por covid-19

Portugal reportou quatro mortes e 844 casos de covid-19 nas últimas 24 horas. Internamentos e incidência sobem.

A Direção-Geral de Saúde (DGS) registou 1088977 infeções por covid-19, às quais estão associadas 18153 mortes, desde o início da pandemia em Portugal, contando com os 844 casos e quatro mortes reportadas nas últimas 24 horas.

Os números desta sexta-feira representam uma descida (menos 44) em comparação com os 888 casos registados na quinta-feira, mas consubstanciam uma subida face às 777 infeções reportadas há uma semana - mais 67.

Nos hospitais, há mais 13 internados. Do total de 331 pessoas acamadas, 65 são doentes considerados graves, mais cinco do que no domingo.

Segundo a DGS, o total de casos ativos aumentou em 85, para 31540, num dia em que mais 755 pessoas foram consideradas recuperadas (1039284 no total). Há, ainda, 22168 contactos sob vigilância das autoridades, mais 238 do que ontem.

As vítimas mortais, três homens e uma mulher, tinham todas mais de 80 anos. Esta faixa etária é a mais castigada pela pandemia, tendo perdido 11486 vidas, 65% dos 18153 óbitos registados desde março de 2020, quando a pandemia foi detetada em Portugal pela primeira vez.

A Região de Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a mais afetada pela doença. Nas últimas 24 horas, reportou 332 novos casos e três óbitos. No total, acumula 420572 infeções e 7726 mortes desde o início da pandemia.

PUB

A norte, a segunda região mais afetada pela pandemia, há um total de 415833 casos e 5598 mortes, já contando com 239 infeções e um óbito nas últimas 24 horas.

A Região Centro soma 146572 casos (mais 156) e 3179 mortes, enquanto mais a sul o Alentejo acrescentou 26 infeções para um total de 40134 (e 1052 óbitos). No Algarve, o acumulado subiu para 43896 positivos (mais 45) mantendo-se os mesmos 479 óbitos.

Nas ilhas, os Açores contabilizam 9322 casos (mais 27) e 45 mortes, enquanto a Madeira soma 12648 infeções (mais 19) e 74 óbitos.

Incidência sobe e transmissibilidade mantém-se

Sexta-feira é dia de matriz de risco, o esquema de cores que regista a taxa de incidência e o índice de transmissibilidade e que durante meses serviu de orientação ao Governo para as medidas de confinamento.

A incidência subiu de 94,8 para 97,4 casos de infeção por SARS-CoV-2 por 100 mil habitantes, a nível nacional, de quarta-feira para hoje. Descontando as ilhas, a subida foi de 94,9 para 97,6.

O índice de transmissão, o R(t) manteve-se em 1,08 tanto a nível nacional como no território continental.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG