MNE

TAP vai trazer portugueses da Praia, Sal, Bissau e São Tomé

TAP vai trazer portugueses da Praia, Sal, Bissau e São Tomé

A TAP prevê realizar "nos primeiros dias da próxima semana" voos para Praia, Sal, Bissau e São Tomé e Príncipe para permitir o regresso de portugueses retidos, disse hoje à Lusa fonte do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

"O Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) garantiu junto das autoridades locais disponibilidade para a autorização de voos da TAP para permitir o regresso de cidadãos portugueses" retidos em Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe, disse à Lusa fonte do gabinete do ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

Em consequência, prosseguiu a fonte, "a TAP prevê viabilizar voos para os seguintes destinos num dos primeiros dias da próxima semana: Praia, Sal, Bissau e São Tomé e Príncipe".

"As embaixadas portuguesas nesses países asseguram a informação indispensável com os portugueses que as contactam", disse ainda.

A fonte precisou que estes são os desenvolvimentos que há a anunciar de momento, prosseguindo os esforços para resolver outras situações.

A informação sobre portugueses que necessitam de ajuda do Governo português para regressar a Portugal, atualizada diariamente com os dados do dia anterior, está disponível online, precisou.

Os esforços visam permitir o regresso a Portugal cidadãos portugueses, que devido ao cancelamento de voos ou suspensão de ligações aéreas decididos no âmbito das medidas tomadas para combater a propagação do novo coronavírus, ficaram retidos nos países onde se encontravam.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia de covid-19, infetou mais de 271 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 11401 morreram.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto afeta já 182 países e territórios, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Em Portugal, segundo os últimos dados oficiais, estão confirmadas 1280 infeções e 12 mortes.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG