Premium

Taxa de abandono escolar de alunos-atletas "foi de apenas 1,2%", diz ministro

Taxa de abandono escolar de alunos-atletas "foi de apenas 1,2%", diz ministro

Os atletas-estudantes são uma das preocupações do Ministério da Educação liderado por Tiago Brandão Rodrigues.

O ministro explica, ao JN, a importância das Unidades de Apoio ao Alto Rendimento na Escola (UAARE), que já integram 600 alunos-atletas em 19 estabelecimentos de ensino. Graças a várias parcerias, verifica-se o aumento do sucesso escolar e a diminuição do abandono.

De acordo com um estudo do Sindicato de Jogadores e publicado pelo JN, um terço dos futebolistas profissionais não concluiu o ensino obrigatório. Está surpreendido?
Todos os alunos que não cumpram a escolaridade obrigatória devem ser uma preocupação. Nesse sentido, tem sido desenvolvido um conjunto de políticas públicas com o objetivo da promoção do sucesso escolar, o seguimento de alunos com dificuldades, como o apoio tutorial específico, e, para estes alunos-atletas, a criação de uma rede nacional de Unidades de Apoio ao Alto Rendimento na Escola.

Outras Notícias