Tempo

Temperaturas voltam a baixar mas ainda há locais com mais de 30 graus

Temperaturas voltam a baixar mas ainda há locais com mais de 30 graus

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê, para esta quarta-feira, no continente, chuva fraca no litoral Norte e Centro, mais provável no Minho, até ao final da manhã e descida de temperatura, em especial da máxima, no interior.

Nas regiões Norte e Centro, o céu espera-se muito nublado, em especial no litoral, tornando-se gradualmente pouco nublado ou limpo, do interior para o litoral, a partir do meio da manhã. Preveem-se períodos de chuva fraca ou chuvisco no litoral, mais provável no Minho, até final da manhã, e vento fraco a moderado.

No Sul, o céu estará pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade no litoral oeste e no Alentejo até ao meio da manhã. O vento será fraco a moderado, sendo por vezes forte na faixa costeira
ocidental durante a tarde e nas terras altas até ao início da manhã.

Em todo o território continental, espera-se uma descida de temperatura, em especial da máxima e no interior. As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 14 graus Celsius (na Guarda e em Viseu) e os 19 (em Faro) e as máximas entre os 23 (Viana do Castelo, Porto e Aveiro) e os 34 (em Beja e Évora).

Mais de 20 concelhos em risco máximo

Vinte e quatro concelhos dos distritos de Faro, Santarém, Castelo Branco, Portalegre, Guarda e Bragança estão hoje em risco máximo de incêndio. O IPMA colocou também em risco muito elevado de incêndio quase meia centena de concelhos dos distritos de Faro, Beja, Santarém, Castelo Branco, Portalegre, Guarda, Viseu, Leiria, Vila Real e Bragança.

Segundo o IPMA, pelo menos até domingo vai manter-se o risco de incêndio máximo e muito elevado em vários concelhos do continente por causa do tempo quente.