Exclusivo

Teste "é uma segurança" para ajudar nas eleições

Teste "é uma segurança" para ajudar nas eleições

Com um sentido de "dever cívico" e em contagem decrescente para o voto antecipado, que se realiza amanhã, dezenas elementos que vão integrar as mesas de voto em Gaia realizaram ontem o teste de rastreio à covid-19. O cenário foi idêntico noutros concelhos do país.

De Norte a Sul, várias autarquias estão a disponibilizar gratuitamente o rastreio a todos os envolvidos na operação das eleições legislativas. É o caso de Gaia, Gondomar, Matosinhos, Amarante, Mafra, Braga, Caminha, Vila Real e Azambuja. Há ainda municípios, como Cascais, Viseu, Coimbra e Lisboa, que estão a sensibilizar os elementos para que se testem nas vésperas dos dias de votação.

Em Gaia, esta sexta-feira, a Câmara tinha cerca de 150 elementos inscritos para a testagem. Paula Fonseca foi uma delas. Tem 54 anos e faz parte das mesas de voto numa das escolas do concelho há cerca de duas décadas. "Apesar de achar que não tenho nada, quis confirmar. O teste é uma segurança para poder prestar apoio", referiu, convicta de que a testagem é "uma mais-valia".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG