O Jogo ao Vivo

Igreja

Todas as dioceses que responderam denunciaram abusos

Todas as dioceses que responderam denunciaram abusos

Todas as dioceses que responderam ao inquérito da Comissão Independente para o Estudo dos Abusos de Menores na Igreja reportaram casos de abusos sexuais por parte de elementos do clero. A revelação foi feita ontem pelo líder da equipa de historiadores e arquivistas que está a colaborar com a comissão, Francisco Azevedo Mendes: "Até agora, todas as dioceses do país reportaram casos".

O historiador ressalva, contudo, que há dioceses que ainda não responderam. "Acho que é normal que ainda não o tenham feito. Acredito que vão responder. Se em novembro não o fizerem, então aí é diferente", assume o historiador, à CNN, lembrando que a comissão quer entregar o relatório em dezembro.

A comissão, juntamente com a equipa de arquivistas e historiadores, está a escrutinar os arquivos de mais de 100 instituições ligadas à igreja, a maioria dioceses e congregações. Francisco Azevedo Mendes adianta que "algumas congregações informaram que não tinham casos de abusos".

PUB

A equipa que está a produzir o relatório obteve autorização do Vaticano para aceder aos arquivos secretos das 21 dioceses de Portugal e o trabalho já começou. "Foi na quarta-feira, 28 de setembro, que iniciámos a consulta aos arquivos das dioceses, tendo acesso a alguns dos documentos", explica Azevedo Mendes. Estes arquivos existem em todas as dioceses e catalogam o passado pessoal e penal dos elementos da igreja.

Pedro Strecht, coordenador da comissão independente, já tinha dado conta que os 400 testemunhos validados sobre os abusos cobrem Portugal de Norte a Sul, envolvendo alguns acusados no ativo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG