Covid-19

Todas as vacinas AstraZeneca estão a ser usadas "para acelerar vacinação"

Todas as vacinas AstraZeneca estão a ser usadas "para acelerar vacinação"

A "task force" que coordena a vacinação contra a covid-19 garantiu, esta sexta-feira, que Portugal não tem atualmente um excesso de vacinas da AstraZeneca, que estão a ser usadas para "acelerar o processo" de imunização da população.

"De acordo com a informação disponível no momento, não existe um excesso de vacinas da AstraZeneca. Todas as vacinas da AstraZeneca estão a ser usadas para acelerar o processo de vacinação", adiantou à agência Lusa a estrutura que coordena a logística da vacinação.

A vacina da farmacêutica anglo-sueca está a ser utilizada em Portugal com limitações de idade, uma vez que, no início de abril, as autoridades de saúde recomendaram a sua administração em pessoas acima dos 60 anos.

Esta decisão surgiu dias depois da Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) ter indicado uma "possível ligação" entre a vacina, que passou a designar-se Vaxzevria, e "casos muito raros" de formação de coágulos sanguíneos, mas salientando que os benefícios de receber o fármaco superavam largamente os riscos dos seus efeitos secundários.

Uma norma mais recente da Direção-Geral da Saúde (DGS) prevê também que as pessoas com menos de 60 anos e que pretendam receber esta vacina, podem fazê-lo, desde que aceitem a dar o seu consentimento informado sobre os benefícios e os riscos.

PUB

Esta semana, a "task force" liderada pelo vice-almirante Gouveia e Melo adiantou à Lusa que a vacinação das pessoas acima dos 60 anos está já na reta final, tendo em conta que 90% já recebeu pelo menos uma dose da vacina, o que significa a proteção das faixas etárias onde até agora se verificaram 96% dos internamentos e mortes por covid-19.

Perante isso e caso se verifique que há mais vacinas da AstraZeneca do que as necessárias para vacinar a população portuguesa, a estrutura que coordena a vacinação garantiu que todas as doses "serão usadas", incluindo doações para outros países, no âmbito da solidariedade internacional.

Recentemente, Portugal disponibilizou 24 mil doses desta vacina contra a covid-19 a Cabo Verde, correspondendo ao pedido de apoio formulado pelo Governo daquele país.

Nos próximos dias, chegam a Portugal mais 340 mil doses da vacina da AstraZeneca, incluídas num lote de mais de 1,4 milhões de vacinas de vários laboratórios, o que representa cerca de 25% do total de 5,7 milhões de doses já entregues desde que arrancou o plano de vacinação, a 27 de dezembro de 2020.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG