Assembleia da República

Três ex-ministros no Parlamento, Graça Fonseca suspende por três meses

Três ex-ministros no Parlamento, Graça Fonseca suspende por três meses

João Matos Fernandes, ex-ministro do Ambiente e da Ação Climática, Tiago Brandão Rodrigues, ex-ministro da Educação e Alexandra Leitão, ex-ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, assumiram o lugar de deputados no Parlamento. A ex-ministra da Cultura, Graça Fonseca, pediu uma suspensão temporária por motivo "relevante" por um prazo máximo de 90 dias.

A suspensão requerida pela antiga ministra da Cultura começa a contar a partir desta quinta-feira, anunciou o deputado Pedro Delgado Alves ao ler o relatório da comissão eventual de verificação de poderes dos deputados.

Além destas alterações, há mais mexidas no Parlamento. O antigo secretário de Estado, João Sobrinho Teixeira, também está de regresso às atividades parlamentares. Os ministros do novo Governo, que tomaram posse esta quarta-feira - José Luís Carneiro, Fernando Medina e Ana Catarina Mendes -, também foram substituídos no hemiciclo.

Também há secretários de Estado que, por assumirem funções executivas, estão de saída da AR. É o caso de Isabel Oneto, que assume a secretaria da Administração Interna, pasta tutelada por José Luís Carneiro, e João Paulo Correia, novo secretário de Estado da Juventude e do Desporto.

Decorrem esta quinta-feira as eleições para escolher os vice-presidentes, secretários e vice-secretários da mesa da Assembleia da República, assim como o Conselho de Administração do Parlamento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG