O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Três produtos de canábis à espera do aval do Infarmed

Três produtos de canábis à espera do aval do Infarmed

Dois dos maiores produtores mundiais, com plantações no país, pediram autorização para vender no mercado nacional a flor desidratada da planta e o óleo com THC.

Dois produtos, da Aurora Cannabis, estão em fase final de apreciação. Outro, da Tilray, deu entrada recentemente. É a luz ao fim do túnel para muitos pacientes, que continuam na "ilegalidade", apesar de ter sido aprovada, há mais de um ano, uma lei que permite a venda de canábis medicinal nas farmácias, aponta o Observatório Português de Canábis Medicinal (OPCM).

"Temos o compromisso de proporcionar o acesso aos nossos produtos de canábis medicinal de alta qualidade a pacientes que deles necessitem em todo o Mundo. Isso inclui Portugal. Submetemos ao Infarmed um pedido de autorização de comercialização de produto e aguardamos a sua aprovação para iniciarmos a comercialização dos nossos produtos em Portugal", adiantou, ao JN, a Tilray, a gigante do Canadá que assinala, depois de amanhã, o primeiro aniversário das suas instalações em Cantanhede. Uma plantação que já permitiu à empresa "aumentar a quota de mercado" em países europeus como a Alemanha.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG