Premium

Turistas portugueses rendidos a Chernobyl

Turistas portugueses rendidos a Chernobyl

Antiga central nuclear é destino de viagem. São muitos os que não temem a radiação que matou 100 mil pessoas.

Está marcada para outubro a primeira viagem organizada e autorizada pelo Governo ucraniano de turistas portugueses a Chernobyl, a cidade onde há 33 anos explodiu um reator da central nuclear. Nos últimos anos, vários portugueses foram por conta própria ou inseridos em grupos estrangeiros a Pripyat, a localidade onde vivam 50 mil pessoas e que é agora uma cidade-fantasma.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG