Sondagem

Ucrânia: 73% dos portugueses apoiam adesão à UE

Ucrânia: 73% dos portugueses apoiam adesão à UE

A adesão da Ucrânia à União Europeia é apoiada por 73% dos participantes numa sondagem feita pela Intercampus em Portugal e 94% consideram que a União Europeia deveria desempenhar um papel mais relevante na política mundial.

Os resultados do inquérito de opinião, enviados para a agência Lusa em comunicado, indicam também que 83% têm uma opinião positiva da União Europeia (UE), enquanto instituição promotora dos valores da democracia e defensora da solidariedade e segurança internacional.

Contudo, 66% gostariam que a UE demonstrasse um maior apoio à Ucrânia perante o conflito armado com a Rússia, ainda segundo o comunicado.

O inquérito indica ainda que 83% dos participantes são a favor da criação de um exército europeu.

Este foi um inquérito feito em linha, entre 7 e 22 de março de 2022, pela Intercampus e a Gallup International Association.

A amostra consistiu em 24.509 cidadãos com mais de 18 anos, de 26 Estados europeus: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, República Checa, Dinamarca, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Países Baixos, Polónia, Portugal, Roménia, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Suécia, Sérvia e Suíça.

A amostra relativa a Portugal contou com 600 pessoas.

PUB

Sobre as eventuais consequências da invasão russa da Ucrânia, os respondentes do conjunto de países considerados neste estudo, apontaram em particular a inflação (49%), a possibilidade de evolução do conflito para guerra mundial (44%) e a possível utilização de armas nucleares por parte da Rússia (44%).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG