Premium

Um em cada três jovens médicos sem acesso a especialidade

Um em cada três jovens médicos sem acesso a especialidade

Mais de um terço dos médicos que pretendiam entrar para a especialidade não conseguiram vaga para a formação, que tem início em janeiro.

De acordo com os números divulgados pela Associação de Médicos pela Formação Especializada (AMPFE), apesar das 1830 vagas colocadas a concurso (mais 164 do que as 1666 abertas no ano passado), 1088 candidatos não obtiveram colocação. Destes, 550 desistiram e 530 não conseguiram vaga.

Constança Carvalho, presidente da AMPFE, explica ao JN que as desistências respeitam a médicos que não tendo vagas nas especialidades pretendidas optaram por repetir a prova nacional de acesso para o ano, e também de clínicos que, devido à nota final ser baixa, nem sequer tentaram a colocação.

Outros Artigos Recomendados