Exclusivo

União Europeia proíbe motores poluentes em carros em 2035

União Europeia proíbe motores poluentes em carros em 2035

O Conselho de Ministros do Ambiente da União Europeia (UE) aprovou, na madrugada desta quarta-feira, uma posição comum para proibir a venda, em 2035, de automóveis ligeiros e furgonetas novos com motores alimentados a gasolina, gasóleo ou gás, com o objetivo de reduzir drasticamente as emissões de gases com efeito de estufa (GEE) pelos transportes.

A posição do Conselho, que ainda vai ser negociada com o Parlamento Europeu (PE) para chegar à forma de norma legal, foi obtida após longas horas de discussão, tendo sido encontrada uma forma de ultrapassar as resistências de Portugal, Itália, Bulgária, Roménia e Eslováquia, que defendiam a prorrogação, para 2040, da medida destinada a garantir emissões zero de GEE pelos veículos novos. Na semana passada, o ministro alemão das Finanças, Christian Lindner, considerava errada a meta de 2035.

Na sexta-feira, o primeiro-ministro português explicou que a proposta pretendia "ir preparando a transição", já que "a generalidade das pessoas ainda tem veículos de combustão normal". À saída do Conselho Europeu, António Costa notou que "esse esforço de transição é enorme e vai pesar sobretudo sobre as famílias".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG