Campanha

UNICEF quer "obrigar" partidos a discutir problemas das crianças

UNICEF quer "obrigar" partidos a discutir problemas das crianças

#VotoPorTodasAsCrianças. É com esta hashtag que a Unicef Portugal quer "obrigar" os partidos políticos a discutir os direitos das crianças e apela aos portugueses que aproveitem o período eleitoral para lhes escrever a fazer esse pedido.

Em Portugal há 335 mil crianças em risco de pobreza e a viver "sem acesso a cuidados de saúde de qualidade, alimentação adequada ou habitação digna". A UNICEF recorre a dados do Instituto Nacional de Estatística para justificar o lançamento de uma campanha de defesa dos direitos das crianças no país até dia 5 de outubro, véspera das eleições legislativas, desafiando para isso os portugueses a enviarem cartas "a todos os partidos políticos candidatos" ao sufrágio.

Numa pré-campanha em que os temas relacionados com animais têm tido bastante eco, fruto sobretudo da conquista de maior espaço mediático por parte do PAN, a UNICEF vem agora tentar colocar os direitos das crianças também na ordem do dia.

Sem nunca fazer referência a diferenças de tratamento nem estabelecer comparações com qualquer outra área, Beatriz Imperatori, diretora-executiva da UNICEF em Portugal, considera que as eleições são "uma oportunidade para os portugueses mostrarem que estão ao lado das crianças e ajudarem a sensibilizar os partidos políticos para a importância de combater a pobreza infantil e garantir a proteção de todas as crianças em Portugal".

Em comunicado enviado às redações, a UNICEF reforça que "há milhares de crianças que não têm os seus direitos garantidos no nosso país" e que os menores expostos a situações de violência doméstica são alvos "particularmente vulneráveis", considerando também fundamental o reforço da Estratégia Nacional para os Direitos da Criança, criada pelo governo no último ano.

Para dinamizar a campanha, a UNICEF criou a hashtag #VotoPorTodasAsCrianças. As cartas podem ser enviadas aos partidos em www.unicef.pt/eleicoes .

Outras Notícias