Exclusivo

Vacinação de idosos acamados está por definir e não avança já

Vacinação de idosos acamados está por definir e não avança já

A forma como será operacionalizada a vacinação contra a covid-19 dos idosos acamados ainda está por definir. Os agrupamentos de centros de saúde aguardam orientações superiores.

A imunização em casa, que apresenta dificuldades, e o transporte por bombeiros estão a ser ponderados. Para já, a prioridade máxima é para os maiores de 80 anos que se mobilizam e, por isso, têm mais risco de contrair a doença.

A questão tem vindo a ser suscitada. Na última conferência de imprensa sobre o Plano de Vacinação, dia 28, o então presidente da "task force", Francisco Ramos, esclareceu que os acamados "serão vacinados em casa por equipas, o que obrigará a encontrar soluções a nível local". No Parlamento, a ministra da Saúde, Marta Temido, também falou na vacinação em casa dos acamados, mas não disse quando nem em que moldes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG