DGS

Saiba por que razão foram vacinados jovens de 16 e 17 anos

Saiba por que razão foram vacinados jovens de 16 e 17 anos

O relatório semanal divulgado esta terça-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS) levantou dúvidas a alguns utilizadores que indagaram a DGS nas redes sociais quanto à vacinação no grupo etário dos 0 aos 17 anos.

Vários internautas questionaram a Direção-Geral da Saúde através das plataformas sociais quanto ao facto de já terem sido vacinados contra o novo coronavírus em Portugal, entre 27 de dezembro de 2020 e 14 de fevereiro, 163 jovens com idades compreendidas entre os 16 e os 17 anos, ou seja, na fase 1 do plano de vacinação. 71 já foram inoculados com as duas doses da vacina Comirnaty, desenvolvida pela BioNTech e Pfizer. Os dados constam no primeiro relatório de monitorização da vacinação contra a covid-19, divulgado na terça-feira por aquela entidade.

A DGS justifica que a vacinação em jovens neste grupo etário está enquadrada pela norma 002/2021 da DGS, que define os grupos prioritários para a vacinação. Aqui, incluem-se profissionais, residentes e utentes em Estruturas Residenciais de Pessoas Idosas (ERPI), Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI), mas também instituições similares, nos termos da Orientação 009/2020 da DGS.

PUB

Ora, as instituições similares incluem, por exemplo, Estruturas Residenciais para Saúde Mental, Unidades de Cuidados Continuados Integrados, Rede Nacional de Cuidados Continuados, Cuidados Continuados Pediátricos, Cuidados Continuados Integrados de Saúde Mental e Instituições de Acolhimento de Crianças e Jovens em Risco.

É, assim, entendimento da DGS que os utentes destas instituições, independentemente da tipologia, encontram-se numa situação de risco acrescido de maior disseminação da doença. O mesmo se aplica a instituições de acolhimento para crianças e jovens em risco, onde segundo as autoridades de saúde, a coabitação favorece a disseminação da infeção.

Quase 200 mil pessoas (199.511) tinham recebido, até domingo, as duas doses da vacina contra a covid-19 em Portugal Continental e cerca de 330 mil a primeira dose. O relatório produzido em articulação com a task-force da vacinação e em colaboração com os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde será atualizado todas as terças-feiras, com dados referentes à semana anterior (de segunda-feira às 0 horas a domingo às 23.59 horas).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG