Exclusivo

Vacinação do sarampo em queda. Europa alerta para risco de surto

Vacinação do sarampo em queda. Europa alerta para risco de surto

Num mês, houve menos 13 mil bebés vacinados em Portugal, que já regista sete casos este ano.

A pandemia está a causar uma queda abrupta na vacinação e os surtos de sarampo são uma ameaça na Europa, registando-se já duas mortes na Bulgária. O alerta é do Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças. Portugal conta com sete casos nos primeiros dois meses de 2020. Quase tantos quantos foram diagnosticados ao longo do ano de 2019. E há muitos pais a adiar a vacinação contra o sarampo.

O medo de contrair o coronavírus na ida ao centro de saúde levou a uma descida abrupta na administração daquela vacina (a VASPR, que é dada aos 12 meses e aos cinco anos) no nosso país. Entre 15 de março e 15 de abril, o período de maior incidência da pandemia em território nacional, foram administradas menos 13277 vacinas contra o sarampo do que em igual período do ano passado. A vacinação das crianças é prioritária e esse apelo tem sido repetido pela Direção-Geral da Saúde [ler caixa], mas as estatísticas de monitorização da imunização, disponibilizadas pelo Serviço Nacional de Saúde, mostram um efeito diminuto na VASPR.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG