Exclusivo

Vacinar crianças, sim ou não? Estes são os argumentos

Vacinar crianças, sim ou não? Estes são os argumentos

De um lado, vacinar os mais novos para reduzir os contágios de covid-19 e promover a sua estabilidade emocional, social e escolar, porque a vacina é segura. Do outro, os números reduzidos de doença grave nas crianças e as dúvidas com os efeitos a longo prazo. O tema angustia pais e divide profissionais de saúde.

Na hora de levar um filho a ser vacinado, a generalidade dos pais portugueses segue o Plano Nacional de Vacinação sem hesitações. Mas a vacinação contra a covid-19 levanta dúvidas e angústias, por se tratar de uma doença nova e de vacinas criadas em tempo recorde. Para quê vacinar as crianças saudáveis se não têm doença grave? Vão ser vacinadas para proteger os adultos? Que efeitos adversos podem ter?

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG