Lisboa

Velório de Adriano Moreira nos Jerónimos segunda-feira à noite

Velório de Adriano Moreira nos Jerónimos segunda-feira à noite

O velório de Adriano Moreira realiza-se a partir das 20 horas desta segunda-feira, no mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa. O antigo líder do CDS faleceu este domingo aos 100 anos.

A missa está marcada para as 12 horas de terça-feira, no mosteiro. O funeral será reservado à família.

Adriano Moreira foi professor universitário, pioneiro do ensino da Ciência Política em Portugal, ministro de Salazar entre 1960 e 1963, aderiu ao CDS em 1980 e permaneceu no Parlamento até 1995. Foi líder do CDS entre 1986 e 1988, vice-presidente da Assembleia da República entre 1991 e 1995 e conselheiro de Estado entre 2015 e 2019.

PUB

"A minha vida foi a escola, sobretudo. A intervenção política foi mais por obrigação cívica", defendeu Adriano Moreira, numa entrevista à Lusa, em 2012.

O presidente da República condecorou-o, em junho, com a Grã-Cruz da Ordem de Camões. Este domingo, numa declaração no Palácio de Belém, Marcelo Rebelo de Sousa agradeceu-lhe os 100 anos de vida, obra e de "serviço a Portugal".

"Académico, mestre de civis e militares, lutador pela liberdade e democracia, depois reformador impossível em ditadura, ainda assim, revogando o Estatuto do Indigenato. Exilado, regressado, presidente de um partido político, vice-presidente da Assembleia da República, conselheiro de Estado", elencou, concluindo, "foi tudo ou quase tudo".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG