O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Venda milionária do Vilamoura World contestada por dois empresários

Venda milionária do Vilamoura World contestada por dois empresários

Donos da Altice e da Quinta da Pacheca garantem ter feito uma oferta 25% superior à do fundo que adquiriu complexo à dona do Novo Banco.

A venda do complexo Vilamoura World, pertencente ao fundo Lone Star, detentor de 75 % do Novo Banco, está a ser contestada pelos empresários Armando Pereira, dono da Altice (Meo), e Paulo Pereira, proprietário da Quinta da Pacheca. Garantem ter feito uma proposta 25% superior ao valor pelo qual o fundo norte-americano acordou vender o multimilionário projeto turístico algarvio a um grupo de investidores, acompanhados pelo fundo de investimento Arrow Global, onde Maria Luís Albuquerque, antiga ministra das Finanças, é diretora não-executiva. Fonte oficial do Lone Star disse ao JN que não comentava o negócio.

O Vilamoura World é um complexo que engloba a Marina, projetos imobiliários e hoteleiros, terrenos construíveis, um centro equestre, um parque ambiental e ainda o núcleo museológico do Cerro da Vila. Foi comprado por uma das subsidiárias do fundo Lone Star em 2015 e colocado à venda dois anos depois, quando a casa-mãe, detida por investidores norte-americanos, decidiu adquirir o Novo Banco.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG