O Jogo ao Vivo

IPMA

Vento forte, agitação marítima e neve para os próximos dias

Vento forte, agitação marítima e neve para os próximos dias

Alguns distritos de Portugal continental e o arquipélago da Madeira vão estar a partir desta quinta-feira e pelo menos até domingo com vários avisos meteorológicos devido à agitação marítima, vento e queda de neve, de forma faseada.

A situação com mais gravidade vai surgir na sexta-feira, quando toda a costa de Portugal continental, do norte da Madeira e de Porto Santo vão estar sob aviso laranja devido à previsão de agitação marítima forte, informou hoje o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro estarão sob este aviso entre a meia-noite de quinta-feira e as 17 horas de sábado, estando previstas ondas de noroeste com 5 a 7 metros de altura, podendo atingir 10 a 14 metros de altura máxima. Também a costa norte da ilha da Madeira e de Porto Santo vão estar com o aviso laranja, entre as três horas de sábado e as cinco de domingo, por causa do estado do mar, prevendo-se ondas de norte com 5 a 6 metros. Ainda por causa estado do mar, o IPMA colocou já hoje os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto e Aveiro sob aviso amarelo entre as 21 horas e a meia-noite.

Entretanto, entre as 21 horas de hoje e o meio-dia de sexta-feira, vão estar sob aviso amarelo (menos grave) os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda e Castelo Branco devido à previsão de vento forte de noroeste, com rajadas até 95 quilómetros por hora nas terras altas. O IPMA emitiu ainda aviso amarelo para os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Castelo Branco devido à previsão de queda de neve acima de 1400/1600 metros, descendo gradualmente a cota para 700/900 metros, entre a meia-noite e as 18 horas de sexta-feira.

O aviso laranja indica situação meteorológica de risco moderado a elevado e o amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Outras Notícias