Eleições

Ventura faz campanha em espaço fechado sem ventilação

Ventura faz campanha em espaço fechado sem ventilação

A campanha de André Ventura realizou um jantar-comício, onde juntou 170 pessoas, no Solar do Paço, no concelho de Braga, num espaço de 450 metros quadrados sem ventilação.

De acordo com o jornal "Observador", a Administração Regional de Saúde do Norte não teria dado luz verde à realização da ação de campanha naqueles moldes.

O jantar antecedeu um comício no Campo de São Mamede, onde Ventura tinha à espera um grupo de manifestantes antifascistas, perante forte aparato policial.

"Todos os eventos que estamos a realizar são feitos através das distritais, que contactam a Direção-Geral de Saúde (DGS), com os dados e o cumprimento de todas as regras de distanciamento, das mesas e dos lugares nas mesas", disse o diretor de campanha, mandatário nacional de André Ventura e membro da direção nacional do Chega, Rui Paulo Sousa.

Insultos aos jornalistas

Insultos vários, ameaças de violência e até contacto físico com operadores de câmara antecederam o momento em que foi, finalmente, permitida a entrada da comunicação social no repleto salão do restaurante, cerca de duas horas depois do previsto.

PUB

"Pouco importa, pouco importa se eles falam bem ou mal. Queremos o André Ventura presidente de Portugal", entoaram, com gestos típicos de claque de futebol, enquanto os repórteres e operadores de câmara instalavam os seus tripés e gravadores.

Durante a sua breve intervenção, a anteceder o líder do partido da extrema-direita parlamentar, Rui Paulo Sousa afirmou: "os nossos adversários estão lá fora, mas alguns estão cá dentro...", motivando mais gestos ameaçadores dos apoiantes na direção da comunicação social.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG