Exclusivo

Verão nem vai a meio e já houve 12 mortes nas praias

Verão nem vai a meio e já houve 12 mortes nas praias

Maioria dos afogamentos ocorreu em zonas não vigiadas, o que leva Autoridade Marítima a reforçar apelo.

Houve 12 mortes por afogamento nas praias desde o início da época balnear, dez em areais não vigiados. A Autoridade Marítima Nacional (AMN) antecipa já um aumento de mortes no total da época balnear face ao ano passado, quando até outubro ocorreram 14 mortes, e justifica os números elevados com o desconfinamento.

"O fim das medidas restritivas e o aumento do turismo levaram a um aumento de banhistas nas praias e, com isso, a um maior número de ocorrências, algumas infelizmente mortais", refere José Sousa Luís, porta voz da AMN. O aumento da procura leva a AMN a reforçar os alertas para que se opte por praias vigiadas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG