A Inspeção-Geral de Finanças revela indícios de crime na forma como os refugiados ucranianos foram acolhidos em Setúbal. O diretor-adjunto do JN, Manuel Molinos, analisa as três irregularidades na relação entre a autarquia e a associação.

60 segundos

Análise JN: Novos dados no caso "Setúbal Gate"

Análise JN: Novos dados no caso "Setúbal Gate"

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG