Uma aeronave de combate a fogos embateu na segunda-feira contra um cabo elétrico quando estava a combater o incêndio rural de Proença-a-Nova. A aeronave conseguiu regressar ao centro de meios aéreos e o piloto não ficou ferido.

Vídeo

Avião de combate a fogos chocou com cabo elétrico em Castelo Branco

Avião de combate a fogos chocou com cabo elétrico em Castelo Branco

Ao JN, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) esclarece que o incidente decorreu do corte de um cabo elétrico não sinalizado, às 17.55 horas de 14 de setembro, durante uma manobra de scooping (recolha de água) do avião médio anfíbio na barragem da Marateca, em Castelo Branco.

"Logo após o incidente, o avião regressou de imediato ao Centro de Meios Aéreos de Proença-a-Nova, onde está sedeado. Foi dado como inoperativo pela ANEPC desde o momento do incidente até ao final do próprio dia", esclareceu Alcina Coutinho, da Divisão de Comunicação e Sensibilização da ANEPC, ao JN.

A aeronave, um Air Tractor, não sofreu danos, "tendo sido dada como operativa e disponível às 8 horas (hora de abertura das bases) do dia seguinte, 15 de setembro".

O incidente foi comunicado pelo operador ao Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e Acidentes Ferroviários.

Outras Notícias