Centenas de mulheres e homens juntaram-se esta sexta-feira na Praça dos Poveiros, no Porto, para lutarem contra a desigualdade, o preconceito e a violência de género.

Porto

Elas e eles unidos para mais ninguém morrer

Elas e eles unidos para mais ninguém morrer

A greve feminista, levada a cabo pela Rede 8 de Março, teve lugar em pelo menos 13 cidades portuguesas no Dia Internacional da Mulher. Cinco organizações sindicais estiveram envolvidas e convocaram uma greve laboral. Para homenagear esta data, foi concretizada uma marcha que arrancou na Praça dos Poveiros e terminou na Praça D. João I, onde centenas de pessoas estiveram presentes.