Deixaram o emprego, a família e os amigos para viajar durante longos meses. Os jovens casais documentam as histórias nas redes sociais para descobrir mais sobre os outros e também sobre si próprios.

Aventura

Eles viajam juntos por amor à descoberta

Eles viajam juntos por amor à descoberta

Quase todos têm a mesma história em comum. A monotonia do quotidiano e o desejo de conhecer mais do mundo fez com que fizessem as malas e largassem (quase) tudo. Muitos sem qualquer rede de segurança ou planeamento prévio do que vão visitar ou onde vão dormir durante a viagem.

Há quem o faça, cada vez mais, em casal e enfrente os desafios da vida a dois enquanto conhece diferentes culturas, povos e territórios. É o caso da Carina e do Ivo, de 25 anos, da Leonor, de 22, e do Manuel, de 23, e ainda da Filipa e do Guilherme, também com 25 anos.

O Sudeste asiático é uma aposta certeira para estes viajantes, porque é mais barato, torna-se fácil viajar entre os países e o choque cultural é também maior em comparação com a Europa. "Algumas mulheres indianas perguntaram-nos como é que ainda não tínhamos filhos", diz Leonor Matos, estudante de mestrado de Jornalismo.

A aventura é tão memorável que sentem necessidade de documentar tudo e publicar nas redes sociais para os amigos, os familiares e também para os seguidores. E há já quem o faça como profissão e para rentabilizar o investimento além-fronteiras: "Trocámos conteúdos pela estadia em hotéis", explica Guilherme Comando.