Joana Silva, 39 anos, foi diagnosticada em 2012 com Huntington, uma doença sem tratamento e sem cura. Dentro de seis anos vai perder a capacidade de andar, falar e comer. Quando isso acontecer quer morrer.

Eutanásia

"O que peço é uma boa morte. Quero uma morte digna"

"O que peço é uma boa morte. Quero uma morte digna"

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG