Presidenciais

Votos antecipados contados com todos os restantes

Votos antecipados contados com todos os restantes

O número recorde de votos já entregues - mais de 200 mil - não deverá fazer aumentar as filas de espera, no domingo, acredita a Comissão Nacional de Eleições. A descarga destes eleitores nos cadernos eleitorais e a inserção dos votos nas urnas é feita logo ao início da manhã.

A eleição para a Presidência da República é una e não a soma de uma eleição antecipada e outra a decorrer no dia marcado. No próximo domingo, logo ao início da manhã, as câmaras municipais vão entregar em cada assembleia de voto os boletins já entregues pelos respetivos eleitores, qualquer que tenha sido o local onde votaram.

O procedimento, tal como prevê o Decreto-Lei n.º 319-A/76, de 3 de Maio, que regulamenta a eleição do Presidente da República, começa logo na abertura da mesa de voto. Os elementos de casa mesa recebem os votos já depositados por eleitores que estejam inscritos nessa mesa. O boletim, dobrado em quatro, está dentro de um envelope branco anónimo, que por sua vez está dentro de um envelope azul, com a identificação do eleitor.

Primeiro, a mesa lê o nome do eleitor e assinala nas duas cópias do caderno eleitoral da mesa que essa pessoa já votou. Depois, "feita a descarga no caderno de recenseamento, o presidente abre o sobrescrito branco e introduz o boletim de voto na urna", indica o artigo 77.º-A.

Este processo, afirma João Tiago Machado, porta-voz da Comissão Nacional de Eleições (CNE) não é demorado. Além disso, é feito logo no arranque do dia, "quando há pouca afluência". Por isso, antecipa que, a haver filas de espera, não será por causa do voto antecipado.

Média de 17 votos por mesa

Não é possível saber que mesas de voto terão que descarregar e abrir o maior número de votos antecipados, mas é possível calcular uma média. Nas presidenciais, e por mobilidade, votaram 197 903 pessoas. Houve ainda 12.906 eleitores que se inscreveram por viverem em lares ou estarem confinados, por exemplo (não se sabe quantos, destes, efetivamente votaram). Se se dividir este total de eleitores de igual forma pelas 12 450 mesas de voto reportadas a 20 de janeiro, então cada mesa teria que tratar 17 votos antecipados. Note-se que, após as longas filas vistas domingo passado, várias câmaras municipais decidiram aumentar o número de mesas de voto.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG