Newsletter Editorial

Ano novo, vida velha

1. O novo ano já foi definido como o da esperança na luta contra a pandemia, à espera dos resultados das vacinas que estão a ser e irão ser dadas a milhões de pessoas em todo o planeta ao longo dos próximos meses, mas os primeiros dias de 2021 são mais do mesmo no que ao número de infeções e mortes diz respeito. A tendência é de subida em Portugal, bem como no resto da Europa, e as notícias desta segunda-feira foram tudo menos animadoras.

Segundo a Direção-Geral da Saúde, os casos aumentaram mais de 30% no Norte do país entre o Natal e a Passagem de Ano, os responsáveis do Hospital de São João, no Porto, dizem que já se sente o efeito das reuniões familiares natalícias na chegada de casos de covid à Urgência e Marcelo Rebelo de Sousa não perdeu tempo a afirmar que terá havido "laxismo" no Natal, temendo o "galopar" da pandemia nas próximas semanas.

O melhor do dia, que assinalou o arranque do segundo período nas escolas, foi mesmo o início da vacinação nos lares portugueses. O pontapé de saída foi dado, de forma simbólica, na Casa de Idosos São José das Matas, em Mação, onde Celeste Heleno, uma utente com 100 anos, foi a primeira a ser inoculada. Segundo a Ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, o processo de vacinação em todos os lares do país estará concluído no fim de fevereiro, apontando a 200 mil pessoas vacinadas neste período.

2. No futebol, o ano novo não trouxe melhorias ao Benfica, que empatou com o Santa Clara (1-1), na primeira partida que fez em 2021. Jorge Jesus continua a não conseguir os resultados e as exibições que o próprio perspetivou quando foi contratado, numa altura em que se avizinham grandes embates com os outros candidatos ao título (F. C. Porto-Benfica no dia 15 e Sporting-Benfica duas semanas depois). O treinador afirmou, no final do jogo, que "mais importante do que recuperar a liderança, é recuperar o plantel", numa alusão aos recentes casos de covid-19 registados no clube da Luz.

Com a igualdade cedida nos Açores, num jogo que devia ter sido disputado no domingo e foi adiado por um dia devido ao mau tempo, a equipa benfiquista deixou fugir o Sporting e foi apanhada pelo F. C. Porto. Os leões conseguiram uma vitória importante sobre o Braga (2-0), no sábado, e têm agora quatro pontos de avanço sobre dragões e águias. O F. C. Porto venceu o Moreirense (3-0) e manteve a diferença relativamente à equipa de Alvalade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG