O Jogo ao Vivo

Exclusivo

A idade é um detalhe. Sexagenários dão luta ao envelhecimento

A idade é um detalhe. Sexagenários dão luta ao envelhecimento

Uns ainda trabalham, outros estão na reforma, parar é que não. Mexer, sempre. Há uma geração que não quer ver horas a passar em vão e que vive os dias intensamente. Homens e mulheres que passaram os 60 e que têm muito para fazer. Envelhecer já não é o que era.

Maria Adriana da Conceição é enfermeira, mulher determinada e resiliente, aposentada, mas não reformada, como faz questão de distinguir. Nunca deixou de trabalhar, sempre a bulir. Todos os dias, conduz 50 quilómetros para cada lado, mora em Águeda, trabalha em Vagos. Há quatro anos, aos 63, foi a duas entrevistas de emprego, acabou contratada pela coordenadora do departamento de Saúde e Segurança da Grestel, empresa de cerâmica que produz peças em grés fino, em Vagos. Está grata pela confiança e pela oportunidade de entrar no único ramo da sua arte que lhe faltava: enfermagem do trabalho. Faz de tudo: curativos, testes covid, vacinação da gripe, apoio aos médicos, formação. Tem 67 anos, madeixas cor-de-rosa no cabelo, está de bem consigo e com a vida. Sexagenária? Nada disso. "Sexy-genária", corrige com graça.

"Tenho um know-how acumulado ao longo dos anos que não quero colocar dentro de uma gaveta", conta. Fez muita coisa desde miúda. Trabalhou numa agência de viagens, num escritório de contabilidade, foi administrativa na área da saúde. Aos 30 anos, voltou a estudar para concretizar a vontade de tirar o curso de Enfermagem. Passou pelos cuidados de saúde primários, esteve à cabeceira numa clínica, no bloco operatório, foi ainda enfermeira-chefe, professora convidada da Universidade de Aveiro, deu formação de desenvolvimento pessoal na universidade sénior da cidade dos canais. Especialista em saúde mental, psiquiatria, pedagogia da saúde. "Toquei em muitas áreas." Faz voluntariado, no verão passado, estava no centro de vacinação de Aveiro. "Ficar em casa, para mim, não é solução. Sinto-me ativa e sinto que tenho muita coisa para fazer."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG