Premium

Diogo Piçarra: "o miúdo regressa a casa"

Diogo Piçarra: "o miúdo regressa a casa"

O rapaz do sul parou e voltou a Faro para terminar o terceiro disco. "South Side Boy" é o novo álbum de Diogo Piçarra, mais introspetivo e mais escuro. O artista português abriu-nos as portas do estúdio e da vida para mostrar o que aí vem.

O até agora adiado novo visual acompanha a vontade de vincar o novo estilo do terceiro álbum de originais, que já tem cá fora o single "Coração". O nome "South Side Boy" é a homenagem que faz à sua casa, a Faro, à região do Algarve, ao Farense, não seja o nome criado a partir da designação da claque do clube, os rapazes da zona sul, tal como é toda a equipa que tem em cima do palco.

"Achei importante representar esse aspeto das nossas origens", explica Diogo Piçarra. O cachecol do Farense estava lá, numa parede do lugar onde ensaiou os dois primeiros discos com a banda e onde ainda vivem colunas dos tempos em que tocava nos bares e em que o pai o ajudava a montar.