Opinião

Bêbedo, torcido e de mau gosto

Bêbedo, torcido e de mau gosto

É um caso que só posso contar em segunda mão… mas em primeira mão. Ouvi a leitura da sentença feita pela juíza com uma voz enérgica, como se falasse para o réu. Mas como Paulo não estava na sala de audiências, restava-me imaginar a sua cara e a figura das suas vítimas. Paulo, Marina e Rui. E o momento capital das suas vidas relatado pela juíza: violência doméstica, mais uma para o “número assustador deste tipo de crime na sociedade”. Mas cada agressor é um plagiador que, contraditoriamente, inventa qualquer coisa de original para a sua tortura. Paulo e Marina […]