Premium

Nomadismo digital: trabalhar a viajar

Nomadismo digital: trabalhar a viajar

Sofia vive na Bolívia. Krystel nos Estados Unidos. Jóni na Tailândia. Por agora. A qualquer altura, o local de residência de cada um deles pode mudar. Basta quererem. Como trabalham à distância, apenas precisam de uma ligação à Internet... em qualquer parte do Mundo.

Sempre que mudava o ano, logo em janeiro, Sofia Macedo olhava para o calendário e percebia que feriados espreitavam, onde poderia tirar férias e, consequentemente, marcar "uma viagem grande" para o maior período de descanso. Depois, mal chegava ao destino, tinha um pensamento recorrente: "Que bom seria poder fazer isto com mais frequência ou até para sempre".

Sofia, 33 anos e natural de Coimbra, é licenciada em Comunicação Social, fez mestrado em Relações Interculturais e trabalha em marketing digital, por conta própria, estando sediada, a nível fiscal, em Berlim, na Alemanha. Mas, desde fevereiro do ano passado, já viveu em Espanha, em Itália, em Portugal, no Japão, no Vietname, na Tailândia, no Laos, no Camboja, na Malásia, em Singapura, na Colômbia e na Bolívia.