Premium

Quando as famílias passam o Natal a viajar

Quando as famílias passam o Natal a viajar

Quando a família é recomposta, há parentes separados por longas viagens de carro ou várias horas de avião. Conseguir conjugar todas as reuniões natalícias em dois ou três dias é viver a quadra em contrarrelógio.

Marta Moncacha, assistente social e blogger, tem três famílias a quem acorrer no Natal. A mãe vive em Lisboa e o pai também, mas não passam o Natal juntos porque estão divorciados. Os sogros, pais de Rui Pinto, o atual marido, e avós do filho mais novo, estão no Alentejo. E os ex-sogros, pais do ex-marido e avós dos três filhos mais velhos também, mas quase na outra ponta.

Quando chega 24 e 25 de dezembro coordenar as necessidades e desejos de todos requer capacidades de estratega. "A logística não é fácil", garante. "Sobretudo porque, quando saio de casa com os quatro miúdos, a bagagem é tanta que parece que vou fugir."

ver mais vídeos