Exclusivo

Warre's, um negócio de vinho do Porto com 350 anos

Warre's, um negócio de vinho do Porto com 350 anos

A Warre's não é apenas uma das mais antigas empresas de vinho do Porto. É a mais antiga empresa em atividade contínua em Portugal. Uma história com forte traço britânico, feita de sabores, experiência e territórios de paixão que só a vinha consegue oferecer.

Ano da graça de 1670. Em Portugal, dominava D. Pedro II, que afastara do poder o irmão, Afonso VI, o Vitorioso, filho de D. João IV e herói da Guerra da Restauração, sacado do trono ao ser declarado impotente sexual e, por isso, incapaz de proporcionar descendência ao reino, num julgamento público em que dezenas de mulheres testemunharam as suas fraquezas carnais. D. Pedro II não perdeu tempo e logo tomou medidas de aproximação às grandes potências de então, em particular à Inglaterra, cuja ajuda militar e diplomática fora preciosa no conflito que permitiu a Portugal libertar-se definitivamente do jugo espanhol. Entre os dois países, de amizades antigas e sólidas, firmaram-se acordos que abriam novos horizontes comerciais, como o que permitiu que negociadores ingleses se estabelecessem em terras lusas e exportassem para terras de Sua Majestade, com taxas reduzidas, vinho, peixe e outros produtos nacionais. Disso se aproveitou a família Warre, que nesse 1670 registou a patente comercial daquela que viria a ser a Warre's, a primeira companhia britânica de sempre de vinho do Porto. Que até hoje não parou. Desde há 350 anos, portanto. História longa que lhe concede a garantia de ser considerada a mais antiga empresa a laborar em registo contínuo em território português. E, quiçá, a que em toda a Europa há mais tempo segue em atividade ininterrupta, pormenor de relevo que estudos em marcha estão a tratar de comprovar definitivamente.

"É um sinónimo da história britânica no Porto", resume Johnny Symington, presidente da também histórica Symington Family States, carimbo familiar igualmente de raízes britânicas com marca forte no Porto e no Douro e que desde o início do século XX tomou conta dos comandos da Warre's. Olhos azuis vivos, que mais vivos ficam ao lembrar a história de tão mítica marca de vinho do Porto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG